• Postado por Tiago

São grandes as chances da etapa brasileira da elite do surfe mundial recomeçar nesta quinta-feira. A chamada pra galera cair na água rola às 7h30 e a expectativa é de que o australiano Bede Durbidge entre no mar meia hora depois pra encarar o tahitiano Michel Bourez, na primeira bateria da terceira fase do Hang Loose Santa Catarina Pro, na praia da Vila, em Imbituba. Durbidge é o atual campeão da etapa barriga-verde.

Ontem, o dia foi de frio, sol e ondas pequenas. Apesar da boa formação, as séries não passavam de meio metro de altura e os abobrões adiaram a disputa pela terceira vez. Pra hoje, a expectativa é boa. “Estamos monitorando o swell (ondulação) que está chegando com ótima direção para podermos reiniciar o campeonato amanhã (hoje). Pela manhã faremos uma nova avaliação do mar para decidirmos”, explicou Perry Hatchett, juiz-chefe do mundial.

Alguns surfistas entraram no mar pra treinar, mesmo nas ondas pequenas de quarta. Um deles foi o paulista Adriano de Souza, atual número cinco do ranking mundial, que vai disputar classificação pras oitavas na quarta bateria da terceira fase, contra o experiente sul-africano Greg Emslie. Os dois já se enfrentaram esse ano nesta mesma fase na primeira etapa da temporada, na Austrália, onde o brazuca chegou a sua primeira final no ASP World Tour.

O cearense Heitor Alves cai na água na segunda bateria, pra encarar o norte-americano Damien Hobgood. A parada mais difícil promete ser a do catarinense Neco Padaratz, que tem pela frente o líder do ranking mundial, o australiano Joel Parkinson, na oitava bateria.

  •  

Deixe uma Resposta