• Postado por Tiago

E. C. S., 36 anos, foi preso em Navegantes acusado de abusar sexualmente da filha de 14 anos. Cansada de sofrer a monstruosidade dentro da própria casa, a menina abriu o jogo pra mamãe na tarde de sábado. A polícia militar foi chamada logo em seguida e botou o suposto safado atrás das grades. A família mora no bairro São Paulo.

A adolescente aproveitou que o pai saiu de casa e chamou a mãe pra contar a história. Disse que há dois meses o pai praticava o abuso. Dicara com as declarações, a mãe chamou a PM. E. foi encontrado num boteco da rua Abidon Cardoso Sacavem, no mesmo bairro onde mora. Sem ouvir nenhuma explicação do cara, os PMs meteram um algemaço em E. e o mandaram pro xadrez de Navega.

Até ontem à tardinha, a polícia Civil buscava com a dona justa saber se o cara iria ficar detido ou responderá inquérito em liberdade já que não foi preso em flagrante. Um inquérito foi aberto e a menina terá que contar tintim por tintim como os abusos rolaram.

O DIARINHO ligou pro conselho tutelar dengo-dengo na tarde de ontem pra saber se estavam por dentro do caso. O telefone chamou, chamou e ninguém atendeu.

Mais um tarado em Barra Velha

Na manhã de ontem, outro safado foi mandado pra trás das grades. Vitorino dos Santos de Campos foi preso em Barra Velha acusado de tentar um estupro às 7h30 da matina. Com uma faca, ele teria ameaçado uma moçoila que caminhava pela rua Ambrósio Melchioreto, no bairro São Cristóvão.

A vítima, J. F. P. S, contou pra polícia que caminhava pela rua quando o tarado surgiu do nada. O traste teria dito que se ela não obedecesse não teria o menor remorso em matá-la.

Como a rua tava deserta aquela hora da manhã, o abusador ainda conseguiu levar a moça pra um terreno baldio. Aproveitando uma desatenção do tarado, J. se desvencilhou das garras dele e saiu correndo. Ela chamou a PM e Vitorino foi preso ainda perto do local onde atacou sua vítima.

  •  

Deixe uma Resposta