• Postado por Tiago

Oi, povo:
 
Hoje é aniversário do Chico Buarque – 65 anos de poesia e luta pela dignidade geral da Nação !
 
Vocês devem estar se perguntando: E daí, Jane?
 
Bem, deixem-me explicar: sou fã desde sempre do Chico. E me ocorreu que ele, sensível que é, atento às mazelas deste nosso país natal, há tempos disparou, na letra de “Bye, bye, Brasil” :
 
“Pintou uma chance legal,
Um lance lá na capital,
Nem tem que ter ginasial,
Meu amor, meu amor.”
 
Vejam só que ácida crítica está contida nesse verso irônico, em que Chico alude às dificuldades de acesso do brasileiro à educação formal.
 
A composição do nosso aniversariante é dos idos de 80. Mas o problema educacional brasileiro só se agravou ao longo do tempo. E, diante dele, o que fazem nossos “gestores” e “juristas”?  Fomentam políticas públicas de valorização dos professores? Asseguram–lhes respeito e salários dignos? Garantem acesso às universidades para um número realmente amplo de pessoas? Ou algo do gênero?
 
Não. Eles decidem que diploma não é importante. Diploma é material perigoso. Agora, é inconstitucional exigi-lo.
 
Pois é, Chico: “Bye, bye, Brasil.”
 
Abraços,
 
Jane.

  •  

Deixe uma Resposta