• Postado por Tiago

Merísio quer atuação ?discreta? na presidência

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) está de presidente novo. O deputado Gelson Merísio (DEM) assumiu ontem a cadeira mais desejada do legislativo da Santa & Bela, numa cerimônia que contou com a presença de uma montoeira de bagrões. Merísio ocupava a 1ª vice-presidência da casa desde o ano passado, quando foi eleita a mesa diretora da leleia.

Na ocasião, ficou acordado entre os partidos da tríplice aliança (PSDB/PMDB/DEM) que depois de um ano de mandato, Jorginho Mello (PSDB) renunciaria e deixaria o caminho livre pra posse de Merísio, que segue à frente da leleia até fevereiro do ano que vem. O acordão foi firmado por todos os 40 deputados, que também elegeram Jorginho Mello como 1º vice-presidente.

Permanecem na mesa diretora os deputados Jailson Lima (PT), como 2º vice-presidente; Moacir Sopelsa (PMDB), 1º secretário; Dagomar Carneiro (PDT), 2º secretário; Valmir Comin (PP), 3º secretário; e Ada Faraco de Luca (PMDB), 4ª secretária.

Atuação discreta

Por telefone, o novo presidente da leleia bateu um papo com o DIARINHO, e disse que não quer usar o novo cargo pra ficar se exibindo. ?Minha expectativa é fazer um mandato com toda a discrição possível. Na representação da casa, quero que seja relevante o trabalho dos 40 deputados estaduais?, disse Merísio.

O deputado ainda fez questão de desvincular sua posse com a situação atual da tríplice aliança, e não acredita que estar na presidência da leleia interfira positiva ou negativamente nas campanhas dos aliados e do próprio senador Raimundo Colombo (DEM), pré-candidato ao governo.

Já em relação às denúncias contra o vice-governador Leonel Pavan (PSDB), cujo processo foi encaminhado do Tribunal de Justiça (TJ) pra que a Alesc autorize ou não a sua continuidade, Merísio diz que tudo já está acertado. ?Os ritos estão definidos. Vamos iniciar e terminar este assunto na quarta-feira, onde levaremos a autorização para votação, e provavelmente os deputados devem aprová-la, já que este é um desejo do TJ e do próprio Pavan?, finaliza.

Quem é o cara

Merísio é formado em Administração e tem seu reduto eleitoral no oeste da Santa & Bela. Começou na vida pública como vereador e presidente da câmara de Vereadores de Xanxerê, e ingressou na assembleia em 2005, quando assumiu o mandato de deputado estadual na vaga deixada por João Rodrigues (DEM), eleito prefeito de Chapecó. Depois do mandato como suplente, foi eleito, com mais de 40 mil votos, pro mandato atual. Antes de presidir a casa, Merísio foi vice-presidente da comissão de Finanças e membro das comissões de Agricultura e Política Rural e de Saúde, além de ser líder do DEM no Leleia.

  •  

Deixe uma Resposta