• Postado por Tiago

Dois meses depois da morte do rei do pop, as otoridades finalmente divulgaram o resultado final da autópsia: overdose de propofol, uma anestesia forte pacas, usada pra apagar os pacientes em cirugias complexas. Com o papéli, quem ficou mal na foto foi o médico Conrad Murray, que aplicou o remédio no astro, que sofria de insônia.

A medicação induz a um sono profundo por hipnose por cerca de 10 minutos. Durante a cirurgia, ele é dado continuamente para o paciente, mas no caso de Michael, foi dado através de uma injeção, que foi letal. Por poder provocar uma parada respiratória, o paciente é monitorado por aparelhos, mas o médico contou que depois de aplicar a injeção, foi ao banheiro. Tempo suficiente para Michael dar seu último suspiro. O médico será processado por assassinato culposo, sem intenção de matar.

  •  

Deixe uma Resposta