• Postado por Tiago

v---michael-jackson

Os detalhes da autópsia realizada na última sexta-feira, apontam que o cantor ? falecido na quinta-feira em Los Angeles ? era praticamente um ?esqueleto virtual?. O procedimento pra tentar encontrar a exata causa da morte do músico durou três horas e foi inconclusivo, porém chocante. As únicas coisas encontradas em seu estômago pelos legistas foram cápsulas parcialmente dissolvidas, de remédios ingeridos antes da suposta injeção de Demerol, que teria parado seu coração.

O choque

Resultados mostraram que o popstar ? conhecido nas antigas pela boa forma ? tava só o pó da rabiola. Em estado de anorexia, Michael pesava cerca de 50 quilos e fazia apenas uma pequena refeição por dia. Nos braços, nas coxas e na bunda: marcas de picadas de agulhas ? resultado das injeções que tomava três vezes ao dia, durante anos. Cicatrizes recobriam todo o corpo, um legado de pelo menos 13 grandes cirurgias plásticas. Outro grande choque foi que Michael Jackson era praticamente careca. O astro usava perucas e tinha apenas um chumacinho de cabelo. Devido às frequentes modificações na região nasal, Michael já não tinha o lado direito do nariz. O péssimo estado indica que o Rei do Pop já tava numa fase caidaça há anos. Uma fonte próxima ao cantor disse que os médicos faziam vistas grossas, à medida que Michael se autodestruia.

Desespero na reanimação

O cantor tava com diversas costelas quebradas devido ao uso da força nas tentativas de reanimação. Quatro pontos de injeções de adrenalina também puderam ser observados ao redor do coração de Michael. A autópsia indicou ainda diversas escoriações, principalmente nos joelhos, pernas e costas, sugerindo que ele levou um baita tombo.

Investigação

O dotô de Michael, o cardiologista Conrad Murray, não é mais suspeito da puliça. Foi Murray quem encontrou o cantor sem respirar, ainda com pulso, e tentou reanimá-lo, enquanto esperava pelos paramédicos. Apesar de graves erros aparentes na tentativa de salvar o cantor, ele foi liberado e continua cooperando na investigação. Amigos do clã Jackson disseram que tá todo mundo ainda com a pulga atrás da orelha com a causa da morte. Uma segunda autópsia foi feita no sábado por um legista particular, mas os resultados ainda não foram divulgados.

  •  

Deixe uma Resposta