• 05 jun 2009
  • Postado por Tiago

CONTRA-A-BRE---s---Marcílio-Dias-foto-prendinha-do-deli-02.06.09-(5)

Ronaldo Alfredo conversou bastante com a marujada

O dia seguinte ao empate tosco do Marcílio Dias no jogo-treino contra o Juventus, por 1 a 1, foi de folga pela manhã e atividade leve à tarde pros jogadores peixeiros. Mas antes do trabalho regenerativo começar no Gigantão das Avenidas, o técnico Ronaldo Alfredo juntou a marujada e apontou as inúmeras cagadas cometidas contra o timeco do Moleque Travesso, pra que estas coisas não se repitam na série C do Brasileiro. Os boleiros devem ter precisado até de uma toalhinha pra se secar depois da mijada que levaram do comandante.

Amanhã, às 10h, o Marinheiro faz mais um jogo-treino. Encara a ex-Camboriuense, agora Camboriú Futebol Clube, no Colégio Agrícola. O confronto é o primeiro da história envolvendo os dois times da região e pode até rolar oficialmente, valendo três pontos, se o time da terra do mármore não subir pra elite do futebol barriga-verde este ano. Como o Rubro-anil foi rebaixado pra segunda divisão, as duas equipes se encontrariam em 2010.

Pensando na partida de sábado, Ronaldo fará uma atividade com bola com a marujada na tarde de hoje e deve manter a equipe que empatou com o Juventus. Trabalhamos no 3-5-2 e a ideia é deixar a mesma formação e time?, fala o comandante da barcaça.

Cansados

A partida de quarta-feira foi ruim, cheia de faltas e poucos lances de gols e, pra piorar, alguns jogadores do Marcílio sentiram dores musculares durante o jogo-treino. A galera dodói fez a famosa compressa com gelo e ninguém parou no departamento médico. ?Graças a Deus, a gente até esperava que fosse diferente? disse o fisioterapeuta do time, Rômulo Vicente Coelho.

O ritmo dos treinos físicos da marujada deve ser diminuído nos próximos dias, pois isto gerou reclamação após o confronto com o Juventus. ?A equipe trabalhou no toque, mas deixou a desejar em outros quesitos. Os treinos físicos que fizemos foram duros e acho que a atuação não foi a esperada também por isso. Eles estavam meio duros por causa do ritmo puxado?, finalizou Rômulo.

  •  

Deixe uma Resposta