• Postado por Tiago

Um tiroteio no meio da rua deixou o povão do bairro Trindade, em Floripa, encagaçado na manhã de ontem. Dois bandidos que tavam fugindo depois de meter um assalto em uma lotérica trocaram tiros com um policial militar. O milico levou a pior, tomou um balaço de raspão na busanfa, mas não corre risco de morte. Os vadios escaparam em direção a uma favela no bairro Agronômica e não foram mais encontrados.

Passava das 11h quando um malaco armado entrou na lotérica Pérola, na rua Lauro Linhares. O malacabado, que tava usando capacete e roupa de chuva, rendeu os quatros funcionários e limpou os caixas. Com a graninha, pulou na motoca do comparsa que o esperava do lado de fora e desapareceu. A quantia levada não foi revelada.

Uma vizinha bizolhuda desconfiou da pressa que malaco saiu da lotérica e deu um grito pra um PM que passava de moto pela rua. O milico foi atrás dos vagabundos que revidaram. Os bandidos abandonaram a motoca atrás do hospital infantil Joana de Gusmão. Quando os policiais chegaram ao local encontraram a cabrita, as roupas de chuva e os capacete jogados no matagal.

A polícia suspeita que os malacos tão mocosados na favela Santa Vitória, que fica atrás do hospital. A equipe do Batalhão de Operações Especiais da PM (BOPE) foi chamada pra caçar os trastes, mas os malacos tomaram Doril.

A polícia já tem um suspeito do crime. O suposto assaltante já foi preso outras vezes e tem um irmão gêmeo que tá atrás das grades.

  •  

Deixe uma Resposta