• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA-CINCO-ABRE-p---maconha-a-quilo-2

Traficas eram metidos a cultos e até tavam lendo um livro sobre drogas

Os maconheiros de plantão tiveram uma baixa em Itapema. Os milicos tiraram de circulação 23 quilos da erva do Bob Marley numa tacada só. O atraque rolou na madrugada de ontem na baia 2850 da rua 450, no bairro Morretes. O local funcionava como centro de armazenamento da drogalhada da cidade. Dois traficas foram presos e uns eletrônicos de procedência duvidosa foram recolhidos.

Começava a amanhecer quando os meganhas do Pelotão de Policiamento Tático (PPT) resolveram atender uma denúncia e foram dar um bizú na casa. Pegaram o Alcindo Borges de Souza, 33 anos, o Japa, saindo de dentro da baiuca. Deram um guenta no cara, o revistaram e encontraram uma bucha de maconha.

Curiosos que só, os tiras entraram na residência e deram de cara com os 23 quilos da erva. A maconha estava amontoada num canto, dividida em tabletes. No local, os milicos ainda apreenderam um computador portátil, três celulares, duas câmeras digitais, aparelho de DVD, entre outros eletrônicos que podem ser furtados e utilizados pelos viciadinhos como moeda de troca na compra de drogas.

Mas os traficas metidos a instruídos, não tavam só com bagulhada. Os caras tavam até lendo pra fazer uma boa venda de porcariada. Entre o material recolhido pela puliça, estava o livro: ?Tudo sobre drogas – Maconha?. Phode?

Mesmo pagando de cultos, Japa e Volnei Nascimento, 32, que também estava dentro da baia, receberam o teje preso e foram parar atrás das grades. Agora eles terão que arrumar algo mais instrutivo pra ler no xilindró.

Pelas informações da polícia, a casa funcionava como QG da distribuição da drogalhada em Itapema. Dali, a porcaria era encaminhada pra seis bocas e vendida aos viciadinhos de plantão. Os homisdalei trabalham agora pra identificar os outros traficantes metidos com o esquema e localizar os seis antros da venda de drogas.

Camboriú

Quatro meses depois de ganhar cana por tráfico de drogas em Camboriú, Sidnei Adriano Greibeler, 28 anos, conseguiu ser preso dinovo pelo mesmo motivo. Ele foi enjaulado na noite de sábado depois de ser flagrado com oito pedrinhas de crack e uma montoeira de bagulho numa casa da rua Cerejeira, no bairro Tabuleiro.

Pelas 21h, Sidnei caiu na revista dos tiras na frente da baia onde mora. No casebre, os policiais entraram oito pedras do capeta, 35 gramas de maconha, duas balanças de precisão. Ainda foram apreendidos sete celulares, câmera digital e aparelho de som de carro. A polícia desconfia que os materiais podem ser roubados.

Sidnei ganhou a pulseira de aço e foi em cana. Há quatro meses o cara caiu com 10 quilos de marofa, dois revólveres, um de calibre 32 e um calibre 38.

  •  

Deixe uma Resposta