• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA-PÁGINA-SEIS---ABRE-Desmanche---05.11.09---011

Possantes foram descobertos depois de denúncia

A polícia Militar descobriu um desmanche de carros em Balneário Piçarras. O local escondia cinco carangos, peças de motores e pedaços de lataria. O desmanche funcionava em um galpão aparentemente normal na rua Querência, 334, bairro Norte. O proprietário da casa, Ivan Lopes, 36 anos, negou que estivesse picando caranga, mas a conversa não convenceu os meganhas, que o mandaram pra trás das grades. Os milicos chegaram a levar a mãe do traste, Alcemira Chaves Lopes, 64, até à cadeia, mas a véia foi liberada.

Os milicos chegaram até o desmanche depois de receber uma denúncia anônima que tinha um caminhão-baú com carros roubados no bairro Norte. O registro de furto das carangas dedurou o malaco, que não teve como se livrar da gaiola. Quando chegaram ao local, encontram a dona Alcemira, que disse que o filho tinha saído. A PM não caiu na conversa mole da velhota, vasculhou a baia até encontrar Ivan escondido.

No local, os milicos encontraram um caminhão de Vila Langaro/RS, um Astra de Sobradinho/RS com registro de furto, e três possantes furtados em Camboriú, sendo dois Uno, desmanchados, com pintura nova, e uma caminhonete. Os milicos também cataram dois motores, duas portas, dois capôs traseiros e um tampão de porta-mala.

Ivan irá responder por receptação e tá preso na cadeia de Piçarras. A polícia civil tenta agora investigar onde o malaco comprava os veículos furtados. A delegada Flávia Rigoni Gonçalves diz que os possantes foram mandados ao pátio de veículos apreendidos e passarão por perícia.

  •  

Deixe uma Resposta