• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-22---s---Adriano-De-Souza---mundial-de-surfe---foto-nilton-santos

Brasileiro surfou muito e agora pega francês nas oitavas

Sol e boas ondas formaram um belo cenário pra continuação do Hang Loose Santa Catarina Pro 2009, na praia da Vila, em Imbituba. A quinta-feira foi inaugurada com vitória do defensor do título da etapa brasileira da elite do surfe mundial, o australiano Bede Durbidge, mas o paulista Adriano de Souza foi o grande destaque do dia. O Mineirinho do Guarujá aumentou pra 16,53 o recorde de pontos do campeonato e foi o único atleta da casa a passar pras oitavas-de-final. Joel Parkinson ganhou por meio ponto do catarinense Neco Padaratz e garantiu sua permanência na liderança do ranking. O outro brasileiro, o cearense Heitor Alves, surfou mal e não foi páreo pro norte-americano Damien Hobgood.

Além de Mineirinho, quem também tava feliz da vida ontem era o phodão Kelly Slater, que comemorou o seu melhor resultado no ano, pois esta foi a primeira vez que ele ultrapassou a terceira fase na temporada. ?Dentro de mim, até parece que venci o campeonato depois dessas derrotas?, exagerou Slater, nove vezes campeão mundial e que agora enfrentar o australiano Tom Whitaker.

Mas toda a torcida catarina será pra Mineirinho, até pra acabar de vez com um longo jejum de 11 anos sem vitórias brasileiras em casa. A última foi conquistada em 1998, pelo paranaense Peterson Rosa, no Rio de Janeiro.

?Sei que existe essa pressão, é uma coisa que todos querem e eu também, mas não é tão simples assim porque todos os surfistas estão aqui para vencer também?, falou Mineirinho, que ontem eliminou o sul-africano Greg Emslie e agora encara o francês Jeremy Flores, na segunda bateria das oitavas.

A previsão é de mais um dia de sol, com boas ondas e grande possibilidade do campeão da etapa ser conhecido ainda hoje.

  •  

Deixe uma Resposta