• Postado por Tiago

Tiras do Departamento de Inteligência da puliça civil (Dip) e da Central de Operações Policiais (Cop) de Floripa, que tão em Camboriú pra ajudar a conter a violência, acabaram ontem com a farra de um mini-traste que andava traficando porcarias no bairro Monte Alegre. Com o aborrescente foram encontradas pedrinhas de crack, prontas pra venda, uma buchinha de maconha e um trabuco de brinquedo.

Os homisdalei tinham recebido denúncias de que a porcariada tava rolando solta pros lados da rua Monte Everest, no Monstro Alegre, e de que o esquema era comandado por um molequinho de 15 anos que mal saiu das fraldas. Ontem à tarde, resolveram pintar no apê do gurizão, e deram o bote.

Com medo de ir em cana, o dimenor tentou siscapulir pelo muro nos fundos do prédio, mas os tiras foram mais ligeiros. Nos bolsos do mequetrefe foram achadas sete pedras do capeta, cinco grandes e duas pequenas, uma porção grande de marofa e uma arma de brinquedo, que os homis acreditam que estivesse sendo usada pra meter assaltos pelaí. O dimenor foi levado pra depê da capital da pedra pra sisplicar.

Na sexta-feira, a equipe da Cop e do Dip já tinha melado a venda de duas mil pedras de crack em Cambu. A porcariada foi encontrada com o trafica Felipe Elias Borba, 19 anos, que acabou em cana.Na casa do traste os milicos acharam umas pedronas grandes, que dariam pra dividir em duas mil pequenas, e renderiam ao mulambento perto de R$ 15 mil.

  •  

Deixe uma Resposta