• Postado por Tiago

INTERNA_13_base_---denuncia-estaleiro---geral-praia---foto-brigitte-bardot-(3)

Seu Júlio era presidente da chapa que perdeu e chegou até a apanhar na cara durante a eleição

Quase dois meses depois da eleição da associação de bairro do Estaleiro, em Balneário Camboriú, o povão resolveu sirreunir pra abrir o berreiro. Moradores da localidade dizem que teve mutreta na votação pra beneficiar a chapa vencedora, cujo presidente é o empresário Cláudio Schürmann. Pros denunciantes, a treta taria sendo acobertada pela cabeça da união das associações de Balneário Camboriú (Unibac), Angelina Schneider.

Pela denúncia, a suposta irregularidade teria rolado no dia da eleição. Uma integrante da comissão eleitoral afirma que moradores de outros bairros deram as caras pra votar no Estaleiro. Um pessoal desconhecido e toda a parentada teriam sido convidados por integrantes da chapa vencedora pra participarem da eleição.

Os intrusos foram informados que não poderiam depositar o voto na urna, pois não moravam no Estaleiro, mas a tal Angelina teria permitido desde que o nome do sujeito fosse destacado. ?Era pra ela me procurar pra gente averiguar o que estava irregular, mas até hoje não procurou?, lasca uma das integrantes da chapa contrária e que pediu para não ser identificada. Pros reclamões, o voto dos desconhecidos modificou o resultado final da eleição que encerrou com 203 votos pra chapa 2, a dos Schürmann, e 195 votos pra chapa 1.

Pra piorar, outro morador da região afirma que a tal Angelina Schneider não poderia estar à frente a Unibac, que organizou a eleição. Ela já teria sido afastada da presidência da associação dos moradores do bairro das Nações por decisão da justiça em abril deste ano, pelo mesmo motivo apontado pelo pessoal do Estaleiro: inserir pessoas de fora da comunidade pra aumentar o número de votantes. Na época, o cabeça da união das associações era o seu marido, o suplente de vereador Celso Schneider (PMDB).

Os denunciantes afirmam que não querem que a eleição seja refeita, mas que a união dê respostas com relação ao processo de votação. ?Queremos que a Unibac se retrate a nós e que tudo seja feito dentro da lei?, lascou outro morador. A maioria tem medo de dar o nome porque já teria rolado violência contra um membro da chapa perdedora.

Os bocudos também reclamam que ainda não tiveram nenhuma reunião com a associação de moradores. Afirmam que nem sabem se a atual direção já tomou posse oficial.

Todo o rolo foi denunciado ao Ministério Público de Balneário, mas o documento foi considerado incompleto pelo promotor Rosan da Rocha, que não acatou a denúncia. Pra não morrer na praia, o pessoal pretende se reunir com integrantes do Ministério Público Federal (MPF) e com a secretaria de meio ambiente.

Antes da eleição

A briga pela direção da associação foi tão feia que durante o processo eleitoral teve até um quebra pau entre integrantes das duas chapas. Um sujeito da chapa 2 desceu o cacete no presidente da chapa 1, Júlio Santos da Cunha, 67 anos. O coitado perdeu um dente e ficou todo quebrado. ?Foi feito um boletim de ocorrência, mas pra Unibac isso foi ignorado?, lascou seu Júlio, que diferente dos vizinhos cagões, diz que não tem medo de dar a cara pra bater.

Pros moradores, muitos dos entraves poderá ser resolvido se for alterado o estatuto, que foi criado há mais de 25 anos. Um novo papéli até foi bolado com ajuda de um advogado e estudiosos da Univali, mas não chegou a ser usado na eleição de junho.

Chefona da Unibac garante que tá investigando

Angelina Schneider, chefona da Unibac, garante que não tá fazendo corpo mole na investigação. Conta que atendeu a denúncia dos moradores da região e até formou uma comissão pra averiguar o caso. Já levantaram o endereço de metade das pessoas que votaram e, afirma ela, nenhuma irregularidade foi comprovada. ?Realmente não existe forma de evitar que pessoas de fora votem, mas eu desconheço que isso tenha acontecido?, afirmou.

Relembra que a posse da chapa vencedora se deu logo após a contagem dos votos, quando foi feita a ata da eleição. Angelina diz que ainda não há data definida pra que seja divulgado o resultado da fiscalização.

O presidente da chapa vencedora, Cláudio Schürmann, não foi encontrado ontem pra comentar o assunto.

  •  

Deixe uma Resposta