• Postado por Tiago

GERAL-10-ABRE-g---terreno

Terrenão no Itacolomi já tá prontinho pra receber as casas

Os moradores do bairro Itacolomi, no norte de Balneário Piçarras, já não aguentam mais esperar. O local, que é sempre atingido por alagamentos com qualquer chuvinha que São Pedro manda, tem cerca de 20 famílias que estão esperando uma casinha nova, que foi prometida pela prefa, Cohab e pelo Instituto Ressoar, a organização social da Rede Record, depois da enxurrada de novembro de 2008. O terrenão fica no final da rua Ilhota, pertinho da BR-101, e vai abrigar 31 baias. As obras deveriam ter iniciado em setembro do ano passado, mas até agora nada. A construtora que ergueria as casas será mudada, o que deve atrasar ainda mais o trampo.

?Em agosto a prefeitura veio aqui e demoliu várias casinhas. Alegaram que eles estavam em terra de invasão, mas que mesmo assim iriam construir as casas. Pra mim, o Ressoar pagou à prefeitura e eles embolsaram a grana?, desconfia o proprietário de um bareco da rua Ilhota, que preferiu não se identificar.

Um dos que teve sua baia destruída foi Antônio de Jesus. Ele e sua muié têm dois filhos e hoje moram de aluguel numa casinha de madeira no terreno de uma vizinha. Na época em que as máquinas da prefa destruíram as casas, Antônio tentou impedir com a própria força o trampo dos barnabés, mas não teve sucesso.

A presidente da Cohab em Santa Catarina, Maria Darci Mota Beck, explicou que o atraso da construção das casas se deve à demora da entrega do terreno aterrado e com toda a infraestrutura pronta pela prefa. ?Da nossa parte está tudo pronto. Já assinamos o contrato com os futuros proprietários das casas em setembro do ano passado, mas devido à demora da entrega do terreno, a construtora contratada pelo Ressoar não poderá mais fazer o trabalho, pois já assumiu outro. Agora, o instituto está viabilizando uma nova empresa pra finalmente começarmos?, explica.

A má notícia é que, por enquanto, nem ideia de previsão pros trabalhos começarem. ?Mas acredito que não vai demorar?, manda Maria Darci. Hoje a Cohab e o Ressoar vão realizar uma nova reunião pra debater a situação.

  •  

Deixe uma Resposta