• Postado por Tiago

A secretaria estadual da saúde confirmou ontem à tarde a 12ª morte por gripe porca na Santa & Bela. A vítima foi um rapaz de 17 anos, que morava em Biguaçu e que morreu no dia 11 de agosto no hospital Celso Ramos, na capital. Este é o primeiro caso de morte por gripe suína na Grande Floripa. O número de mortes investigada por suspeita de gripe suína saltou de 57 pra 92.

Segundo informações da saúde de Biguaçu, a vítima que recebeu transplante de rim há poucos meses, apresentou os primeiros sintomas em 24 de julho, mas só foi internada no dia 2 de agosto. A secretária da saúde, Liliane Werner dos Santos, esteve em reunião ontem à tarde com a turma da epidemiologia da cidade. Ela não pôde atender a reportagem, mas mandou avisar que por lá tá tudo sob controle. Há profissionais atuando no posto de triagem montado no centro de saúde do bairro Caveiras, onde tá diminuindo a a procura por atendimento por suspeita da gripe porca.

Pelo boletim epidemiológico de ontem, Biguaçu tem três casos confirmados de gripe porca, incluindo a morte. Onze pessoas tão sendo monitoradas na city.

Como aumentou!

Além de ter aumentado o número de mortes investigadas, aumentou pra danar o número de pessoas que aguardam pelo resultado do exame pra saber se pegaram a gripe. Na sexta-feira, eram monitoradas 1890. No boletim de ontem 2672. O número de casos também subiu. Agora são 209 pessoas, incluindo as 12 mortes.

O diretor da vigilância epidemiológica, Luiz Antônio Silva, diz que o aumento nos dados dos últimos dias foi por conta dum mutirão feito na semana passada para abastecer o banco de dados.

  •  

Deixe uma Resposta