• Postado por Tiago

O cabo PM Paulo Roberto Coelho, 51 anos, que foi baleado na sexta-feira à tarde depois de tentar impedir um assalto, em São José, não resistiu aos ferimentos e morreu na noite daquele mesmo dia. O cabo Coelho, que iria se aposentar no ano que vem, foi enterrado sábado em Palhoça. Ele tinha mulher e três filhos.

O principal suspeito do crime é um garoto de 17 anos. Ele e outro bandido assaltaram a lotérica São Pedro, no bairro Areias. Levaram 200 contos de um cliente e 150 reales do caixa. O suposto dimenor era quem dava o atraque dentro da lotérica e o outro esperava com uma moto para fuga.

Quando o cabo PM chegou no local, foi recebido a balas, sem dó nem piedade. Levou um pipoco na cabeça e outro no bucho. Levado para o hospital Regional de São José, não resistiu e morreu seis horas depois.

  •  

Deixe uma Resposta