• Postado por Tiago

A polícia da Tailândia levantou a hipótese de que a morte do ator americano David Carradine, que estava no país para as filmagens de Stretch, possa ter sido acidental. Encontrado morto num quarto de hotel de Bangcoc com cordas no pescoço e nas genitálias, Carradine, de 72 anos, não teria cometido suicídio, mas poderia ter tentado algum tipo de exercício erótico que deu errado, diz o The Washington Post.

A autópsia deve ser divulgada amanhã, quando será possível dizer se ele morreu de asfixia ou de ataque cardíaco. O fato é que, diante de uma circunstância bizarra, o cinema perde um ator que fez história na série Kung Fu, dos anos 70, e foi redescoberto, merecidamente, por Quentin Tarantino, como protagonista do sucesso Kill Bill. Fonte: Época

  •  

Deixe uma Resposta