• Postado por Tiago

O motoqueiro Michel Pavarin, 24 anos, morreu na madrugada de ontem depois de enfiar as fuças num poste da rede de energia, em Luís Alves, por volta das 3h30. Quando os bombeiros chegaram ao local, não tinha mais nada para fazer que pudesse salvar a vida do coitado. A desgraceira rolou na estrada geral do Braço Elsa, interior da capital nacional da cachaça.

Com o impacto da colisão, o motoqueiro perdeu o capacete, teve hemorragia interna, ferimentos no rosto e morreu na hora. Os bombeiros foram chamados para socorrer Michel por um morador da região, que ouviu o estrondo e levantou para ver o que tava acontecendo.

A polícia acredita que o motoqueiro se perdeu numa curva, atravessou a pista, só parando quando encontrou o poste pela frente. O corpo foi recolhido pelo instituto Médico Legal de Itajaí (IML), onde passou por uma necropsia e depois foi liberado.

O soldado Jamilton de Jesus, do corpo de Bombeiros de Luís Alves, explica que quando o capacete não está afivelado o equipamento voa antes da vítima cair no chão. No caso de Michel, o capacete não tinha sinais do impacto com o poste e tava jogado próximo à vítima. O bombeiro aconselha sempre utilizar o equipamento do modo correto, afivelado e com a viseira fechada.

  •  

Deixe uma Resposta