• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA-SETE-ABRE-p--motorista-bebaço---Leandro-de-Andrade,-23-anos,-(2)

Leandro de Andrade, 23 anos, atingiu pedestres em cima da calçada

Um motorista bebaço atropelou duas pessoas na noite de domingo em São José: uma tá malemale no hospital e a outra vestiu um paletó de madeira. Leandro de Andrade, 23 anos, saiu de uma festa podre de bêbado e resolveu pegar o volante. Ele voltava pra casa, em São José, em alta velocidade, quando catou dois homens que tavam caminhando, numa boa, pela calçada. O porre foi tão grande que Leandro não conseguiu fazer a curva e porreou os coitados, em cheio.

O acidente rolou por volta das 23h na rua Itaguaçu, bairro Bela Vista. C.J.S., 17, e Benedito Araújo Abreu, 30, chegaram a ver a Pampa vermelha, placa LZO-7885 (São José), desgovernada, mas quando se deram por conta tavam sobre o para-brisa do carango. F.F.T., 17, caminhava pela calçada com os amigos no momento do acidente e por pouco não se ferrou junto. Foi ele quem contou tudo à polícia enquanto as vítimas eram levadas para o hospital regional. Um pedaço da grade da Pampa chegou a ficar caída no chão, no local do acidente.

Baratinhas da PM começaram a procurar por Leandro, mas tava difícil encontrar o motora. Minutos depois, um homem identificado como Edson apareceu na base da PM do Bela Vista pra informar que tinha emprestado o carro a Leandro, que devolveu o carango todo destruído.

Como ficou com medo do que pudesse ter acontecido, resolveu comunicar a polícia pra se livrar da bronca. Com as informações do dono do carro, os milicos foram até a casa do suspeito que foi preso no flagra. Leandro passou pelo teste de bafômetro, que não deixou dúvida sobre a bebedeira. O cara foi levado pra central de polícia, onde os tiras receberam a informação de de que o adolescente atropelado continuava no hospital, mas Benedito não resistiu aos ferimentos e morreu. O motorista foi fichado por assassinato doloso (com intenção de matar) e até o fechamento desta edição continuava na depê.

Lei seca

Um ano depois da Lei Seca, comemorado sábado dia 20, o Ministério da Saúde garante que o índice de acidentes fatais envolvendo motoristas bebaços caiu 23%. A pesquisa levou em consideração o número de acidentes registrados nas principais capitais do país no segundo semestre de 2007, em relação ao segundo semestre de 2008.

Em Itajaí, nos primeiros meses de 2008, 59 pessoas foram surpreendidas dirigindo embriagadas. Esse número caiu para 17, até maio desse ano, conforme mostra o balanço da delegacia de delitos de trânsito

Desde que a lei entrou em vigor, a polícia rodoviária federal (PRF) fez 40 mil testes com bafômetro em 2008 e 320 mil este ano. Dos 370 mil motoras abordados, 14 mil foram pegos depois de tomar umas a mais e nove mil foram direto pra jaula. Além disso, no ano passado a cada seis motoras testados, um estava alcoolizado, enquanto em 2009 a média é de 40 sóbrios pra um bêbado.

Em Santa Catarina, foram parados 365 motoras alegrinhos no primeiro semestre deste ano. A queda nas estatísticas dos manguaçados ao volante nas estradas catarinas se deve, principalmente, à fiscalização feita pelos tiras durante a temporada.

  •  

Deixe uma Resposta