• Postado por Tiago

Polícia aguarda canetaço da justa pra meter ladrões de peneus na gaiola

A polícia peixeira segue fechando o cerco aos bandidos que meteram o roubo milionário de pneus de caminhão no depósito da Maghfran Contêineres, no São João, em Itajaí. Depois que os milicos localizaram 189 pneus escondidos em um sítio na zona rural de Navegantes, a central de Operações Policiais (COP) botou as mãos no caminhoneiro peixeiro Geovani Poleza, que transportou a carga levada pro esconderijo às margens da BR-470.

O cara tá preso para investigação, mas os tiras acreditam que ele foi outra vítima dos assaltantes. Geovani disse na delegacia que foi contratado pra fazer um frete, mas quando chegou ao depósito deu de cara com 10 bandidos armados. Só então foi avisado que ia transportar uma mercadoria roubada.

A polícia chegou até o caminhoneiro, depois que recebeu a informação de um vereador da city, procurado por Geovani pedindo ajuda. O cara explicou a situação pro político, que chamou a polícia pra ouvir o depoimento do motora. O delegado Rui Garcia dos Santos, da Cop, conta que o caminhoneiro tava com prisão provisória decretada pela justa, mas não revelou qual o vereador que deu a fita.

A versão de Geovani é de que foi contratado para fazer o frete de algumas caixas. Quando chegou à Maghfran, domingo pela manhã, foi surpreendido por 10 bandidos armados, que avisaram que era um assalto. Querendo siscapar vivo da história, o motora não teve outra saída a não ser carregar o bruto com uma parte da carga e fazer o que os mequetrefes mandaram.

Os tiras garantem que já sabem quem são os malacabados que armaram o atraque a carga de pneus, cujo prejuízo pode chegar a um milhão de reais. Os policiais tão só esperando o canetaço da justa pra por as algemas nos safados.

  •  

Deixe uma Resposta