• Postado por Tiago

Dois motoristas da prefeitura de Itajaí afirmam que estão sendo ameaçados por telefone. Rômulo Mafra, 32 anos, e Flávio da Silva, 35, registraram ontem queixa na 1ª depê e hoje voltam à delegacia pra pedir oficialmente ao delegado de plantão que investigue a prensa que estariam levando de um desconhecido. Eles levantam a hipótese da ameaça estar relacionada à denúncia do uso indevido de uma carro oficial pelo chefão da coordenadoria de Trânsito (Codetran) da prefeitura de Itajaí, José Alvercino Ferreira.

Flávio teria sido o primeiro a sofrer as ameaças. No sábado, no domingo e ontem pela manhã recebeu as ligações que vieram de um celular com número não identificado. Em todas elas um homem mandou que ele parasse de falar mal da administração da prefeitura ou acabaria sendo preso por roubo ou por porte de drogas, insinuando que o motorista seria vítima de uma armadilha. Flávio diz que repassou para sua lista de e-mails a denúncia de que Zé da Codetran usava a Hilux do órgão.

As ameaças pra Rômulo aconteceram ontem. A primeira teria sido às 16h16. Na ligação, o desconhecido disse: “Se não tirar a coisa do ar, a tua mãe vai pro inferno”. A tal “coisa do ar” é o blog intitulado ‘O menino que não machuca’ (http://omeninoquenaomachuca.wordpress.com).

A segunda foi às 18h30, quando o motorista registrava queixa na delegacia. O DIARINHO, que estava na depê, também ouviu a ameaça. Rômulo diz que é a mesma voz que deu a prensa anterior. O homem fazia menção ao número 83, que é o número da casa da mãe do motorista, e encerrou a ligação dizendo em tom ameaçador: “Fica ligado!”.

Pra Rômulo, as ameaças têm ligação com seu blog. “Não posso acusar ninguém. Mas é por conta de alguma coisa que postei no blog nos últimos dias e tudo mundo sabe que é a Hilux do Zé Bellini. Mas se é isso não sei”, disse ao DIARINHO.

Estava na delegacia na hora da ameaça

José Alvercino Ferreira, chefão da Codetran, também estava na delegacia na hora em que Rômulo registrava a queixa. Ele havia prendido um ladrão de moto. Mais tarde, por telefone, Zé disse ao DIARINHO que desconhecia as supostas ameaças. “Não é do meu feitio e eu nem teria porque fazer isso. Nem li o blog dele”, afirmou.

  •  

Deixe uma Resposta