• Postado por Tiago

O promotor Newton Henrique Trennepohl informou pela assessoria de imprensa do Ministério Público que continua debruçado sobre a papelada enviada pela prefa da capital. Ele tenta compreender e entender como a turma vai fritar R$ 3,5 milhões pra montar uma árvore de Natal impiçada que tá sendo erguida junto ao trapiche da avenida Beira-Mar Norte.

Mas não é só o custo da árvore que intriga o promotor. A festa de final de ano tá orçada em quase de R$ 10 milhões. Além da árvore de 60 metros de altura, o valor assustador inclui o show do tenor italiano Andrea Bocelli e o show pirotécnico da virada de ano. De acordo com a assessoria do MP, ainda não se sabe quando o curador irá concluir a análise. Ele prefere manter segredo sobre o que avaliou dos documentos até agora.

Do outro lado, o secretário de Turismo, Mário Cavallazzi, tá tranquilo. Diz que os documentos encaminhados ao MP vão convencer o promotor de que nada tá sendo feito na ilegalidade. O secretário lembra que a festa de final de ano tá sendo patrocinada por uma empresa privada e pela lei de incentivo à cultura. “Florianópolis terá um final de ano inesquecível”, garante.

  •  

Deixe uma Resposta