• Postado por Tiago

Máscara de pano tem que ser esterilizada a cada duas horas

Há alguns dias, o hospital São Francisco de Assis, em Camboriú, passou a dar máscaras de pano pros pacientes e funcionários por falta das descartáveis. Por conta da gripe porca, os estoques dos fornecedores terminaram e o pessoal não encontra mais onde comprar. Mas antes que usar o paninho na boca vire moda, é bom ficar esperto porque a proteção não é a mesma. ?Funcionar, funciona, porque é uma barreira contra o vírus. Mas não é descartável, por isso acaba sendo inviável?, diz o médico infectologista Carlos Correia.

O dotô explica que qualquer máscara ajuda a evitar que o vírus da porquinha pegue carona no ar e contamine alguém. Mas a máscara descartável leva vantagem porque depois de um tempo de uso, basta jogá-la fora. No caso das de pano, é preciso esterilizar. Em Cambu, os paninhos vão pra uma máquina chamada autoclave de duas em duas horas. ?Como é que vai fazer isso pra população? É complicado?, opina o médico.

Carlos comenta que o uso da máscara, tanto a descartável quanto a de pano, não é indicado pra quem quer se proteger da porquinha. ?Quem deve usar máscara é quem tá gripado. Pra quem não tá, o uso da máscara pode trazer outros problemas?, avisa. A culpa é da umidade que se forma dentro da máscara com a respiração, que pode até acarretar uma crise de asma.

Pra completar, o dotô garante que o simples uso do tampão não evita a contaminação. ?Cobrir o rosto não quer dizer nada, porque o vírus tá circulando por aí. Não adianta usar máscara e não lavar a mão, por exemplo?, diz.
Já quem tá com sintomas de gripe, como febre, tosse, dor no corpo, e aquele narigão pingando, deve usar a máscara pra não acabar contaminando todo mundo que tá em volta. Mas se não der pra usar a descartável, pode improvisar. ?É uma questão de educação, dá pra usar um lenço de papel pra tossir ou espirrar. Se não pode comprar o lenço, serve papel higiênico?, diz dotô Carlos.

Outra dica importante é obedecer a recomendação médica e ficar em casa por uma semana, em caso de gripe. ?A gente vê pessoas gripadas em shoppings, passeando pela rua. Parece que não estão entendendo a situação. Não é falta de informação, mas tem gente que dá bola demais e gente que dá bola de menos?, lasca o infectologista.

?Quem deve usar máscara é quem tá gripado. Pra quem não tá, o uso da máscara pode trazer outros problemas?

CARLOS CORREIA

médico infectologista

  •  

Deixe uma Resposta