• Postado por Tiago

Quem quer comprar ou vender um carango em Santa Catarina terá agora que se adaptar a algumas mudanças que rolaram nas regras do Detran. O novo procedimento já está valendo desde o início desta semana e o objetivo do departamento de trânsito catarinense é evitar os transtornos na hora de saber quem é o dono de uma caranga.

De acordo com Alina Largura, gerente de registro e licenciamento do Detran, não são novas regras, mas uma melhorada no processo que já vinha rolando. “Antes, apenas o vendedor precisava reconhecer firma em cartório para oficializar o negócio. Agora exigimos isso também do comprador”, explicou.

Outra mudança rola no certificado de registro do veículo. Antes, no verso do documento tinha a informação de que o vendedor poderia comunicar a transferência ao departamento de trânsito. “Com a mudança, o vendedor tem a obrigação legal de informar o Detran sobre a transferência. O documento deve ser preenchido e uma cópia autenticada deve ser entregue ao departamento”, completou.

Assim que o negócio for feito, as duas partes terão prazo de um mês pra informar a transferência da caranga ao departamento de trânsito. Apesar de ter prazo, não existe nenhuma multa pra quem não comunicar a mudança de dono.

A medida é apenas pra manter os dados dos responsáveis pelos veículos sempre atualizados, pois assim que o carro ou a moto forem vendidos e a transferência comunicada ao Detran, o antigo dono não tem mais responsabilidade por ele.

  •  

Deixe uma Resposta