• Postado por Tiago

A casa caiu pra uma mulé de presidiário metida a entregadora de porcariada. Roseli Barbosa, 22 anos, foi em cana depois de tentar jogar uma porção de maconha e comida pra dentro da colônia penal agrícola de Palhoça. Junto com ela, dois dimenores e um motoqueiro foram guentados na madrugada de ontem.

Pelas 3h, a equipe de uma baratinha em rondas achou estranha pacas a atitude do trio que tava dentro de um Eco Sport. O carango deu algumas voltas em torno da penitenciária e parou pertinho do xilindró. No mesmo momento, um moleque de 16 anos saltou do possante e caminhou em direção ao xadrez.

Pra não pagar pra ver, os meganhas deram um atraque do gurizote, encontrando uma porção de 200 gramas de maconha. Ao notar que o lance não cheirava bem, os milicos abordaram o carro onde estava Roseli e outro menor de idade. Encontraram um aparelho de DVD embalado em papel-filme.

No carro também foram encontradas pizzas e calzones prontos pra encher a pança da turma do presídio. Pra completar o rango, também tinha duas garrafas pet cheinhas com bebida alcoólica. Pelas informações repassadas pelos homisdalei, Roseli e os dimenores pretendiam jogar a comida e a droga pra dentro da colônia penal.

A trafica é mulher de Leonardo Oliveira, que cumpre pena no xadrez por tráfico de drogas. Os tiras acreditam que a encomenda seria entregue ao maridão da espertalhona. Na rua, pertinho dos três detidos, estava um rapaz, que não teve o nome divulgado, montado em uma motoca. Os homisdalei levaram o sujeito pra sisplicar e liberaram em seguida. Investigam agora se o motoqueiro tava envolvido no esquema.

Com o flagra, Roseli ganhou uma passagem só de ida pra conhecer como são os aposentos atrás das grades. Já os menores terão que sisplicá direto na justa.

  •  

Deixe uma Resposta