• Postado por Tiago

Os momentos de agonia que passou no porta-malas de uma caranga na noite de segunda-feira não deverão sair tão cedo da memória de uma moradora do residencial Vila do Mar, do bairro Meia Praia, em Itapema. A mulé foi vítima de um sequestro relâmpago junto com o vigia do seu prédio. Eles foram trancados dentro do porta-malas do carro, durante um assalto. Os vagabundos largaram as vítimas meia hora depois na beira da BR-101, em Balneário Camboriú e levaram o carango.

A desgraceira rolou pelas 22h30. N.M.F., 42 anos, chegava em casa a bordo do Polo, placa MCG 9442 (Itapema). Ela abriu o portão e enfiou o possante na garagem. Assim que saiu do carango pra fechar o portão dinovo, foi rendida por dois vagabundos armados que entraram ligeirinho. Os trastes apontaram o trabuco pra cabeça da coitada e mandaram ela deitar no chão, com a barriga pra baixo. Ameaçando matá-la, os putos pediram pra mulé passar o que tinha de dinheiro. Assustada, ela entregou a bolsa recheada com documentos e cartões de crédito.

No mesmo momento, o guardinha do edifício, C.A.M., 40, farejou que tava rolando algo e deu as caras no local pra conferir a treta. Os vadios também renderam o vigia. Vendo que a coisa poderia ficar ruim pro lado deles, os mequetrefes obrigaram as vítimas a entrar no porta-malas do carango. Depois de rodar por meia hora com a mulher e o homem, a dupla de malencarados parou na beira da BR. Os viados abriram o carro e mandaram os dois pularem fora. Em seguida, fugiram na direção de Itajaí com o carro e a bolsa.

  •  

Deixe uma Resposta