• 13 maio 2009
  • Postado por Tiago

CONTRA-ABRE-s---mirko-acidentado

Piloto dengo-dengo se quebra todo durante corrida em Brusque

Mirko André dos Santos, piloto de motocross com vários títulos conquistados na categoria MX3, vai ficar fora das pistas pelo menos até o final deste ano. O sonho de trazer o título do campeonato Catarinense cross country pra Navega-City acabou na quarta etapa da competição, que rolou em Brusque, quando o piloto, que liderava a prova e o campeonato, se estuporou no último obstáculo, na última curva. ?Estou vivo por milagre, o acidente foi muito grave?, disse o piloto.

Ele lembra que na última curva da prova, durante o salto, a sua duas rodas falhou. ?Eu ia virar e a moto parou, era um salto muito alto. Caí e a moto subiu mais uma vez, caindo em cima de mim?, relembra. O resultado do acidente foram seis costelas quebradas, uma perfuração no pulmão, a bacia quebrada e o ombro esquerdo esmagado. Na segunda-feira, ele passou por uma cirurgia no hospital Marieta Konder Bornhausen e se recupera lá mesmo. Sua esposa, Luciane Oliveira Barbosa dos Santos, não sai de seu lado.

A família do piloto ficou em choque. Outros atletas que participavam da competição achavam até que ele tinha morrido. ?Até disseram que eu ia ficar aleijado, as notícias correm rápido e muita coisa é mentira?, conta.

Pura sorte

Mas o cara tem mais sorte do que juízo. Mesmo com todas essas fraturas, os médicos disseram que não ficarão sequelas. ?Vou ficar cerca de quatro meses me recuperando, pra depois começar a fisioterapia. O campeonato deste ano acabou pra mim, mas ano que vem pode ser que eu volte a competir?, afirma.

A expectativa de vários títulos em 2009 era grande pra Mirko, pois desde o começo do ano ele acumulou vitórias nas etapas do campeonato Catarinense de verão de motocross, copa norte catarinense e cross country de motocross. O piloto, mesmo que ainda considere cedo pra fazer alguma previsão, disse que o acidente o fez repensar muita coisa. ?Tenho minha família, é difícil. Eu nunca tinha me acidentado desse jeito. Nunca tinha corrido risco de morte. Fui campeão muitas vezes, mas ainda não sei o que quero fazer quando sair daqui?, completou.

  •  

Deixe uma Resposta