• Postado por Tiago

GERAL-CAPA-g---saúde-navega

Secretaria de Saúde vai ter mais autonomia nos exames e consultas

Desde o início do ano, Navegantes chamou pra si a responsabilidade e assinou um pacto com o governo estadual pra mandar pra valer nos recursos de saúde da cidade. A decisão promete agilizar as consultas e exames, mas também traz uma baita responsabilidade pra turma que tá no comando da secretaria de Saúde dengo-dengo.

Agora que ficou grandinha, a secretaria de Saúde de Navega vai mandar e desmandar nas marcações de consultas e exames. Antigamente, se o governo do Estado determinava que a city tinha direito a fazer 20 consultas de cardiologia, a secretaria de Saúde dengo-dengo não podia trocar por consultas de outras especialidades, mesmo que não tivesse ninguém com problema de coração na cidade. Com o novo pacto, o controle dos atendimento médicos em cada especialidade é todo feito em Navega.

O controle dos exames no sistema de saúde dengo-dengo também vai mudar. Até o ano passado, todos os convênios com prestadores de serviços que são responsáveis por exames de laboratório ou outros tipos de exame era feito direto com o governo do estado. Acontecia o mesmo perrengue das consultas. A cidade tinha direito a exames que não precisava e precisava de exames que não tinha direito a fazer. ?Se nós tivermos exames de sangue que não estamos usando, podemos transferir esse recurso pra exames de raio-x, por exemplo?, explica o diretor de controle e avaliação, regulação e auditoria da secretaria de Saúde, Leonardo Viana.

Pra chegar nesse estágio, a secretaria dengo-dengo teve que cumprir algumas exigências do ministério da Saúde. Pra isso, foi melhorada a estrutura do setor de controle e avaliação, que fica responsável por todos os exames e consultas da cidade, e também no setor de regulação, composto pela turma que marca os exames e atendimento médicos. A secretaria de saúde também vai ter que botar pra funcionar um sistema de auditoria pra informar ao ministério tudo o que tá sendo feito na saúde cidade, já que agora o governo do estado tá fora da jogada.

Leonardo Viana explica que a mudança não tem a ver com a grana que a secretaria recebe e sim com o controle dos exames e consultas. ?Não estamos falando de recursos financeiros, mas a mudança vai trazer mais autonomia e agilidade pro sistema de saúde da cidade. A população vai ter o que ela precisa?, prometeu o bagrão.

Em Itajaí, Balneário Camboriú e Piçarras, as secretarias de Saúde já mandam em suas consultas e exames. Camboriú e Ilhota assinaram o pacto junto com Navegantes e devem implantar o novo sistema em breve.

  •  

Deixe uma Resposta