• Postado por Tiago

A secretaria da saúde não encontrou médicos disponíveis para o plantão na unidade de referencial que atenderá somente ocorrências de gripe na city. Preocupados em manter o município sem os casos da gripe A, os abobrões decidiram montar a unidade na própria secretaria de saúde há uma semana, mas até agora nada.

Todos as pessoas com sintomas de gripe serão atendidas na unidade de referência. Lá, os médicos indicarão qual o tratamento e, em casos mais graves, encaminharão pro pronto-socorro do hospital. Atualmente, Navega tá com três casos suspeitos da gripe porca. Os exames só devem chegar em 15 a 20 dias.

O chefe da vigilância sanitária da city, Jeferson Belloto, explica que a medida será tomada para desafogar o pronto-socorro do hospital e poder atender durante 24h os casos de gripe, diferentemente dos postinhos que só funcionam de dia. Para tirar a ideia do papel, a prefa precisa de médicos que possam trabalhar em regime de plantão, mas tá difícil encontrar.

  •  

Deixe uma Resposta