• Postado por Tiago

INTERNA_12_abre---indio-e-as-ervas-medicinais_foto-dona-mariquinha-(3)

O guarani Evaldo jura que pode curar qualquer tipo de doença

O índio guarani Evaldo Terebe, 60 anos, se orgulha em dizer que aprendeu com os avós a curar o povão usando ervas medicinais. Pra divulgar a medicina alternativa, já viajou Brasil afora e até países vizinhos. ?Já fui pra Venezuela, Argentina, Chile, Uruguai, mas aqui é uma maravilha?, diz Evaldo, que esta semana tá em Itajaí.

O velho índio diz que faz preparados com 64 tipos de raízes. Garante que cura todas as doenças, inclusive problema nos rins, fígado, nervos, gastrite, pressão alta, bronquite e até problemas na coluna.

Pra fazer o diagnóstico da doença, ele não usa qualquer tipo de aparelho. O guarani dá uma bizolhada nas unhas do paciente e, na hora, diz o tratamento necessário para a cura. Jura que o método é eficaz e que nunca se enganou.

Evaldo e outros membros da sua tribo se instalaram na avenida Adolfo Konder, a Transilvânia, perto da BR-101. Devem ficar uns 10 dias na cidade. Seu Evaldo diz que o povão pode ligar no seu celular [45- 9132-1610] pra marcar uma consulta.

Podem fazer mal

Angélica Garcia Couto, doutora em ciências farmacêuticas, e Renê Artur Ferreira, mestre em ciências biológicas, são professores do curso de farmácia da Univali, de Itajaí. Explicam ao DIARINHO que a eficácia das ervas medicinais não é 100 por cento segura. Admitem que o uso das plantas é algo muito antigo e a crença da cura passa de geração pra geração, mas seus resultados não são cientificamente comprovados.

Também dizem que, dependendo da fórmula usada no remédio, a mistura de ervas pode acabar fazendo mal para quem a consome.

Os professores da Univali alertam o povão para tomar cuidado na hora de ingerir tais medicamentos. O mais importante é saber como o produto foi preparado pra evitar uma contaminação por falta de higiene.

  •  

Deixe uma Resposta