• Postado por Tiago

CONTRA-ABRE---egon-da-rosa---foto-felipe-VT-07

Egon prometeu vir ao DIARINHO explicar toda a situação, mas não deu as caras

A rodada do fim de semana da Divisão Especial do Campeonato Catarinense teve bafão. E mais uma vez foi pros lados do Navegantes. Depois do boato forte que rolou semana passada na região, de que o Nequinho abandonaria o Catarininha dinovo, o jogo contra o Camboriú nem aconteceu. Na hora da partida, às 15h30 de domingo, estava rolando uma festa no estádio das Nações, em Balneário Camboriú, local onde o time dengo-dengo manda seus jogos e que deveria ser o palco do clássico regional. O evento estava agendado pro campo há cerca de três meses, mas a direção do NEC não avisou ninguém do Cambu e nem da Federação Catarinense de Futebol.

O resultado dessa lambança foi que o time de Camboriú se preparou pra disputa, foi até o estádio, mas nem conseguiu entrar. A arbitragem também não teve acesso ao gramado e o rolo vai parar na justiça desportiva. Na súmula do jogo, feita pelo árbitro Luiz Carlos Pereira, diz que o estádio estava reservado pra Elton Garcia, do Amigos do Tropical, e havia cerca de duas mil pessoas no local naquele momento. O juizão também informou que o NEC não pagou as taxas de arbitragem, pra variar.

O presidente do Navegantes, Egon da Rosa, foi procurado pela equipe do DIARINHO pra dar mais explicações. Ele chegou a marcar visita ao jornal, mas não apareceu e nem atendeu mais as ligações da reportagem.

Versão do Cambu

O presidente do Camboriú, José Henrique Coppi, falou sobre o que rolou em Balneário. O cartola disse que sua equipe foi pro estádio no horário certo, às 14h. Chegando lá, um evento já rolava no gramado e a entrada da equipe foi proibida. ?Chegamos pra aquecer o grupo, mas nossa entrada foi bloqueada. O delegado da partida e a arbitragem esperavam do lado de fora do campo, falamos com eles e nos mandaram embora?, lembrou.

Coppi acredita que Egon tinha conhecimento do problema do campo muito antes da partida. ?Falei com o pessoal da fundação de esportes da cidade e me explicaram que o Egon havia ligado na quarta ou quinta-feira pra pedir o campo emprestado. Porque ele faria isso, se não sabia que o campo seria usado??, questionou.

O cartola também falou que não tentou usar o próprio estádio, o Robertão, em Camboriú, porque a federação não aceitaria. ?Ficaríamos com um jogo a mais de vantagem e isso é errado. Agora vamos esperar uma posição da federação e ver se isso vai pra julgamento?, finalizou.

A coisa pode feder

A FCF divulgou a súmula do jogo no final da tarde de ontem e o caso foi encaminhado pro Tribunal de Justiça Desportiva, que será responsável por analisar toda a situação. O procurador jurídico da FCF, Rodrigo Capella, explicou que no caso de absolvição do Navegantes no julgamento, será realizada nova partida. Já se o Nequinho for condenado, o Camboriú será declarado vencedor por 3 a 0. Também podem rolar outras penalidades ao time dengo-dengo, que não participará do Catarininha do ano que vem porque deu W.O. no primeiro jogo do campeonato deste ano, contra o Concórdia. ?O clube é reincidente e isto pode ser um agravante, caso condenado?, resumiu Capella.

Só aprontam

O Nequinho é famoso pro aprontar no Catarininha. O clube já abandonou a competição por falta de grana em outra oportunidade e neste ano vem colecionando fiasqueiras. Além do W.O. em Concórdia e deste último caso contra o Camboriú, o time não paga taxas de arbitragem e teve até jogo paralisado por 40 minutos, por falta de policiamento.

Será que vai?

A Portuguesa de Navegantes confirmou um jogo amistoso pra quinta-feira, às 20h30, no estádio Bento Guilherme Pereira, o campo do Estiva. E a partida será contra a equipe do Navegantes. ?Estávamos com dificuldades para confirmar um amistoso e conseguimos com o Navegantes. Será um grande teste para os comandados do treinador Luiz Santos?, disse Enivaldo Carvalho, presidente do clube.

Os ingressos custam 10 reais. Idosos e estudantes pagam metade e mulheres e crianças entram digratis. Mas com esse histórico do NEC, que falta até em jogo oficial, é melhor a galera da Lusinha se preparar pra tomar um bolo.

  •  

Deixe uma Resposta