• Postado por Tiago

Após passar 2008 inteiro sem competir, sendo sete meses sem entrar na água, o surfista catarinense Neco Padaratz tá de volta à elite do surfe mundial. Ele foi um dos três brous que ganharam o convite da associação profissional pra correr todo o ASP World Tour 2010, o antigo WCT.

Com a entrada de Neco, o Brasil terá quatro surfistas na elite no ano que vem. Adriano de Souza, o Mineirinho, Jadson André e Marco Polo, outro barriga-verde, completam a lista. O havaiano tricampeão mundial Andy Irons, que pediu licença, e o australiano Luke Stedman foram os outros convidados.

Neste ano, Neco só correu etapas de WQS, a divisão de acesso à elite, porque teve que recomeçar do zero. Em 2008, o brou nascido em Blumenau, mas que despontou pro surfe nas ondas da praia Brava de Itajaí, Balneário Camboriú e Joaquina, em Floripa, teve o pior ano de sua carreira. Ele precisou largar a prancha pra se recuperar de uma lesão na coluna. “Completa um plano que montei com ele quando ele tava machucado. Falei que ele precisava parar um pouco pra recuperar e que iam reconhecer a recuperação dele. Valeu a pena ter esperado. Ele tá pronto pra combate”, diz Teco Padaratz, irmão mais velho de Neco, que já disputou a elite do surfe.

Sem cirurgia

Quando soube que pra curar a lesão na coluna era preciso de cirurgia, Neco não quis nem saber e encarou a recuperação sem entrar na faca. “O Neco fez um grande ato. Foi uma jogada mais longa, mas agora tá todo mundo compreendendo. Passou um ano dentro de casa, sete meses sem entrar na água. O Neco gastou o tempo dele, foi se recuperar, se internou nos Estados Unidos pra se tratar da coluna. Teve que reaprender a sentar e andar”, conta Teco, que ontem lançou seu site, o www.tecopadaratz.com.br.

Depois dos Padaratz

Com o convite recebido, Neco Padaratz se junta ao manezinho Marco Polo pra representar Santa & Bela na elite do surfe mundial em 2010. Isso só tinha rolado com Neco e seu irmão Teco, únicos catarinenses, antes de Marco Polo, a competir com os melhores do surfe. Além do estado, Neco vai representar os peixeiros mundo afora, já que deve voltar a morar na praia Brava ano que vem.

  •  

Deixe uma Resposta