• Postado por Tiago

O vento sul forte ferrou o primeiro dia da etapa do Costão do Santinho, em Florianópolis, do SuperSurf, a divisão de elite brazuca. Pela programação, ontem era pra rolar até a segunda fase do torneio feminino, adiada pra hoje por pedido das minas, não satisfeitas com as condições das ondas.

O que deu tempo de rolar foram as triagens pro torneio masculino. Quem ficou com as duas vagas foram o catarinense Neco Padaratz e o gaúcho Rodrigo Dornelles. Hoje, a partir das 7h30, têm início pros marmanjos as baterias da primeira fase e o começo da segunda, já com os cabeças-de-chave e principais candidatos ao título brasileiro, como Willian Cardoso, de Balneário Camboriú, que entra na 13ª bateria.

Já Neco, ainda na primeira fase, tem pela frente o paulista Heitor Pereira. “É difícil pra gente que viaja tanto e não tem resultado no Brasil entrar na elite, então tem essa de disputar duas vagas e estou feliz por ter conseguido me classificar mais uma vez”, fala Neco, recordista do dia com a somatória de 15,17 pontos.

Antes das triagens masculinas, deu tempo de rolar a primeira fase feminina, onde a surpresa do dia ficou por conta da eliminação da catarinense de Floripa, Juliana Quint. Mesmo morando no Costão do Santinho, a cabaçona chegou atrasada pra sua bateria porque a anterior não foi disputada. A catarinense até protestou, porque tava acompanhando o tempo que faltava pra estrear, mas não ouviu a antecipação da bateria. Diferente dela, as também catarinas Chantala Furlanetto, Marina Werneck e Gabriela Leite passaram de fase.

  •  

Deixe uma Resposta