• Postado por Tiago

A família de K. S. M., um mês, que faleceu na manhã de terça-feira em Porto Belo, diz que o bebê não morreu por afogamento com o refluxo do leite materno, como foi informado pela polícia civil. Diferente do que foi publicado na edição de ontem do DIARINHO, a nenezinha teria sido vítima de asfixia. A mãe da pequenina, E. M. S, 29 anos, entrou em contato com a reportagem pra dar a sua versão dos fatos.

Ela afirma que sua menina mamava só na mamadeira e estava dormindo na cama de casal. A bebê estava deitada de barriga pra baixo e ficou com dificuldade pra respirar. Em poucos minutos e pequerrucha faleceu. “Ela estava do meu lado e não pude fazer nada”, lamenta a mãe ainda muito abalada. Além disso conta que o corpinho da sua menina passou por análise na própria casa. O perito do serviço de verificação de óbito foi até a sua baia pra comprovar o incidente.

  •  

Deixe uma Resposta