• Postado por Tiago

A prefa de Balneário Piçarras mudou o trânsito no centro da cidade e, pra isso, construiu na avenida Getúlio Vargas, o principal acesso à cidade, duas rótulas que atravancam a vida dos motoras. A passagem ficou estreitinha e caminhões e busos têm que passar por cima dos tachões pra fazer o contorno. O povão reclama que teve pouca orientação e que a sinalização das rótulas ainda não existe.

A mudança de direção das principais ruas da city, no centro, segundo os moradores, não foi ruim. Mas as rótulas feitas na Getúlio Vargas, nas esquinas com as ruas Emanoel Pinto e Nereu Ramos, não vieram a calhar.

Segundo Erica Idalini Dorl, 23 anos, que trampa num mercadinho em frente à primeira rótula, o povo fica perdido quando passa pelo cruzamento. “Os ônibus não conseguem passar e atrapalham os carros”, diz.

Valdirene Meirelles, 38, que vende salgadinhos, de ziquinha, diz que por pouco não foi atingida por um caminhão, que não tava conseguindo fazer o contorno. “Fizeram isso só pra confundir mais os motoristas”, lasca a muié. Já o seu José Cruz, 52, que também anda de zica, falou que já foi acertado por uma caranga na rótula da Nereu com a Getúlio e acredita que a prefa deveria esperar a temporada passar pra fazer as mudanças.

O secretário de Planejamento, Luiz Antônio Silvestre, falou que as rótulas já foram feitas com tachões – e não com canteiros – por causa do problema dos ônibus e brutos. “Estamos estudando fazer um recuo nas calçadas pra dar mais espaço na rua”, sisplicou. As placas o secretário jura que serão colocadas ainda nesta semana.

Mudanças no trânsito

O sentido da avenida José Temístocles de Macedo, a Beira-Mar, foi alterado, sendo que agora ela segue em direção a Penha. As ruas Antônio Quintino Pires e Marcílio Dias também mudaram de sentido. A última agora é mão inglesa. A Antônio Martinho Telles tem sentido único e passa a ser a principal ligação entre as avenidas Emanoel Pinto e Nereu Ramos.

  •  

Deixe uma Resposta