• Postado por Tiago

O Sistema Federação das Indústrias de Santa Catarina está realizando em várias regiões do estado palestras sobre a nota fiscal eletrônica, que passa ser obrigatória para uma série de setores a partir de setembro.

Empresas de pequeno, médio e grande porte terão que aderir ao novo sistema, que substitui a nota fiscal de papel pela eletrônica. Dentre os segmentos industriais obrigatórios estão os setores de cosmético, papel, produtos de limpeza, componentes eletrônicos, equipamentos de informática, medicamentos homeopáticos e fitoterápicos, laticínios, artefatos de joalheria, pães, biscoitos e bolachas.

A nota fiscal eletrônica é um documento fiscal que será emitido, armazenado e disponibilizado eletronicamente. Ela facilita a troca de informações entre empresa emitente, recebedor e governo, reduzindo o custo de impressão e extinguindo os arquivos físicos, além de auxiliar no processo de fiscalização. Mais informações sobre a Nota Fiscal Eletrônica CIESC estão disponíveis no saite www.ciesc.com.br/nfe.

  •  

Deixe uma Resposta