• Postado por Tiago

GERAL-2-BASE-g---camaras-de-vereadores-itajai---LUIZ-CARLOS-PISSETTI.jpg-(13)

Pissetti é o autor da lei

O vereadores peixeiros aprovaram, na terça-feira, o projeto de lei que autoriza a instalação de crematórios na cidade. A ideia de regulamentar o trampo na cidade foi do vereador e presidente da casa do povo, Luiz Carlos Pissetti (DEM). Os principais benefícios da cremação seriam, segundo o parlamentar, a economia de espaço, a melhoria na saúde pública, no meio ambiente e nos gastos públicos.

O vereador propôs a lei porque era procurado a toda hora por pessoas que não tinham grana ou não conseguiam espaço nos cemitérios da cidade pra enterrar seus mortos, já que os municipais da Fazenda, Espinheiros e Itaipava tão lotados. ?Quem não tem outro parente já enterrado nos nossos cemitérios não consegue mais espaço, daí tem que mandar os mortos pra aquelas gavetas ou pros cemitérios privados que são caros e nem todos têm condições de pagar?, disse.

A preocupação com o meio ambiente e a saúde pública também foram justificativas pra lei. Isso porque os cadáveres em decomposição liberam um líquido chamado de necrochorume, que contém uma infinidade de bactérias e micro-organismos que entram no lençol freático ? onde fica a água que consumimos – da cidade, pondo em risco especialmente quem mora próximo aos cemitérios.

Pro vereador, a economia do setor público também vai ser significativa, porque um sepultamento custa em média R$ 2 mil, o mesmo valor de uma cremação, mas a prefa não teria gastos com terreno, manutenção e contratação de pessoal pra trabalhar no cemitério.

Pissetti diz que não sabe de nenhuma empresa que tenha interesse em instalar um crematório na cidade e também não tem como correr atrás disso. Sobre a possibilidade da prefa construir e gerenciar um crematório público, o democrata considera inviável, porque geraria mais gastos com espaço, equipamento e pessoal, quando a ideia é justamente economizar. ?A lei vai dar resultado porque Itajaí é um polo econômico na região e a empresa que se instalar aqui vai poder oferecer serviços pra diversas cidades?, disse o presidente da câmara.

  •  

Deixe uma Resposta