• Postado por Tiago

Aeroporto vai terceirizar o trampo dos bombeiros

Finalmente uma notícia boa no aeroporto de Navega. O comando dos bombeiros do estado enviaram mais vermelhinhos para trampar no local e isso garante a operação de novas empresas e mais voos. A partir do dia 1° de dezembro, sete vermelhinhos estão trabalhando por turno. O superintendente do aeroporto, Marcos das Neves Souza, afirma que duas empresas já estão de conversinha com a Infraero, que deve liberar em poucos dias voos fretados de até 140 passageiros.

Segundo o coronel dos bombeiros militares, responsável pelo litoral da Santa & Bela, Onir Mocellin, um convênio entre o governo do estado e o aeroporto firmou a parceria que aumentou o número de efetivo. O convênio tá fechado somente até o dia 31 de dezembro, mas o coronel garante que ele já será renovado. ?Em dezembro, vamos fazer um convênio por mais seis meses porque, se saírmos de lá, o aeroporto fecha. Mas em julho não vamos mais firmar convênio algum. Há muito tempo já precisamos cuidar mais da cidade do que do aeroporto?, mandou o chefão.

O superintendente do aeroporto explicou que a partir de julho de 2010, a Infraero vai terceirizar o serviço de vermelhinhos no aeroporto. O rolo já está em fase de licitação da empresa, sendo que seis meses é o tempo necessário pra treinar a galera pro trampo. ?Nós temos a garantia do governador de que o convênio será renovado em dezembro?, lembra das Neves.

Novos voos

Desta forma, a partir de agora, as empresas que antes não foram autorizadas pela Infraero e pela agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a operar no aeroporto de Navega devido ao número baixo de vermelhinhos já estão de conversê dinovo pra conseguirem a autorização.

?A Webjet deve ter seu pedido autorizado em poucos dias. Ela fará pouso de voos fretados em um boing de 140 passageiros. A autorização da Trip já está tramitando, mas ela não dependia dos bombeiros. Eles devem usar aeronaves de até 40 passageiros?, explica o superintendente.

Marcos ainda avisa que estas empresas podem realizar mais voos e até pernoitar no aeroporto. Mas, por enquanto, nenhum pedido foi realizado.

Relembre

O impasse no aeroporto de Navega já tá rolando há meses. A linha Webjet teve seu pedido de operação negado na city dengo-dengo no início de novembro porque não tinha o número de vermelhinhos necessário para a categoria de nível seis, que é sete homens por turno. Desde então, a superintendência do aeroporto e o Estado vêm conversando para garantir as melhorias no local. A associação Empresarial de Navega também entrou na briga e enviou ofícios e pedidos para o comando geral dos bombeiros solicitando uma ajudinha pra city.

  •  

Deixe uma Resposta