• Postado por Tiago

O Núcleo de Estudos Açorianos da UFSC realiza a partir do dia 10 de agosto a exposição “O Trajo Folclórico no Açores”. A mostra poderá ser visitada até 23 de outubro, no espaço cultural do NEA, no campus da UFSC em Florianópolis.

As indumentárias fazem parte do acervo do Núcleo de Estudos Açorianos e foram doadas pelo Governo Regional dos Açores. “Com os trajes folclóricos podemos identificar a região onde as pessoas moravam e a atividade que realizavam em sua aldeia, além de estabelecer uma linha do tempo. Os trajes que estamos apresentando são originais e é possível ver a produção artesanal da lã, do linho e do couro”, conta Joi Cletison, diretor do Núcleo de Estudos Açorianos da UFSC.

Segundo ele, no material que será exposto estão representadas diversas profissões de uma freguesia rural nos séculos XVIII e XIX, como o leiteiro, o homem do mar, o pastor e o agricultor.

“É interessante destacar que nos grupos folclóricos dos Açores os componentes não utilizam a mesma roupa. Cada grupo tem de oito a 10 trajes diferentes, que bailam juntos, cada qual representando uma ilha, uma profissão ou uma determinada atividade. Isto dá um colorido todo especial à apresentação”, explica Joi.

A exposição faz parte das comemorações de 25 anos do Núcleo de Estudos Açorianos da UFSC, criado em setembro de 1984. “É uma trajetória de intenso trabalho no litoral de Santa Catarina, pesquisando, preservando e principalmente valorizando e divulgando as heranças açorianas”, comemora o diretor do NEA. A mostra também marca o Dia do Folclore, comemorado no mês de agosto.

O Núcleo de Estudos Açorianos integra a Secretaria de Cultura e Artes (SeCArte) da UFSC.

  •  

Deixe uma Resposta