• Postado por Tiago

A lei que regulamentou a permuta dava um prazo de 1º de agosto de 2008 a 31 de dezembro de 2008 pra creche ficar prontinha, mas até agora nada. Paulinho diz que entende que a empresa tenha tido dificuldades com a enchente, mas que já faz quase um ano do prazo dado pra creche ficar pronta e até agora nada. Diz também que é dever da prefa cobrar da empresa a contrapartida pra população. Caso a Multilog não construa a creche, a lei prevê que as terras podem até voltar pra prefa.

Fora a galeria que tá pronta, o vereador afirmou que o trevo foi construído totalmente diferente do que tinha sido combinado e, ao contrário do que diz a lei, não existe no local nenhum ponto de ônibus, bancos e a iluminação não é a ideal. “Já apelidamos aquilo ali de trevo da morte, somente no último ano umas sete pessoas já morreram de acidente ali naquele local”, disse.

O prefeito Jandir Bellini (PP) disse que já tá tratando deste assunto com a Multilog e que a empresa alega que na negociação com a administração anterior não existia a creche que foi acrescentada pela câmara. “Mesmo assim, nós temos que cumprir a lei que aprovou a permuta e determina a construção da creche que ainda não foi feita. Já estamos com a planta e o terreno disponível, a empresa não disse que não e estamos fazendo o acerto para que a lei seja cumprida”, disse Jandir. O prefeito falou ainda que tá confiante que vai resolver tudo no diálogo e a creche vai estar pronta no ano que vem.

O DIARINHO entrou em contato com a Multilog, que através da sua assessoria de imprensa disse que não ia se pronunciar sobre o caso.

  •  

Deixe uma Resposta