• Postado por Tiago

Depois de meses de promessas, enfim o prefeito Dário Berger (PMDB) assinou a papelada do edital de licitação pras obras do trevo da Seta. O local, que é o maior gargalo do trânsito de Floripa, vai facilitar o acesso ao sul da ilha manezinha. A promessa do prefeito é de que as obras comecem em 60 dias. “É inadmissível que agora com o Avaí na Série A ainda tenhamos este problema de acesso àquela região da cidade”, lembra o chefão da capital.

A assinatura do edital e a confirmação de que outras seis obras foram consideradas prioritárias pelo Ministério das Cidades e poderão ter recursos liberados pelo PAC da mobilidade, fazem parte da estratégia da prefa pra amenizar o resultado duma pesquisa divulgada pela Universidade de Brasília que qualifica Floripa como a segunda pior cidade do mundo no quesito mobilidade urbana.

“Tem muita gente dando opinião e o pior é que tem gente que dá importância ao que dizem aqueles que não conhecem a nossa realidade. Vai querer comparar Florianópolis com São Paulo, com Roma? Vai a Paris em horário de pico pra ver como é! Francamente, eu não conheço esta pesquisa e sequer fui consultado ou entrevistado por quem fez este levantamento”, manda o prefeito.

O projeto do trevo da Seta é uma obra que será executada com grana do governo estadual. Levará 18 meses pra ficar pronta e custará R$ 15 milhões. “Eu tenho até vergonha de não ter feito esta obra no meu primeiro mandato. Mas não é uma obra de competência municipal. Entraremos com uma contrapartida de 20%”, garante.

Obras

Dário lembrou que a Fifa divulga no domingo as sedes da Copa do Mundo de 2014 e apesar dele achar que os locais já tão definidos, uma notícia como esta pode prejudicar a candidatura mané. “Estes outros projetos, como a construção do eixo norte, que é um túnel subterrâneo ligando a ilha ao continente, podem ter liberação imediata de recursos federais caso nossa cidade seja escolhida como subsede do mundial”, comenta.

O túnel submarino tem custo estimado em R$ 150 milhões e facilitaria o acesso ao norte da ilha. O acesso atual serviria pra encaminhar os motoristas pras outras bandas.

  •  

Deixe uma Resposta