• Postado por Tiago

Peãozada da empreiteira tá fazendo mó lambança na rua

O asfalto da rua Artur Torquato Batista, na Fazendinha, em Itajaí, quase não se enxerga mais. A poeira trazida pelos caminhões que tão trampando na implantação da nova rede de tratamento de esgoto cidade, obra garantida pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal, tá tampando boa parte da rua. O povo que mora pelas bandas de lá só fica com as portas e janelas das casas fechadas porque não guenta mais comer tanto pó.

O morador Reginaldo Vieira procurou o DIARINHO pra fazer o reclamo. Ele diz que os peões que tão fazendo a obra do PAC na rodovia Osvaldo Reis, que liga Itajaí a Balneário Camboriú, jogam toda a sujeirada num terreno baldio da rua Artur Torquato Batista. Aí, acaba sobrando pra vizinhança. ?Quando chove é um lamaçal, que as motos mal conseguem passar. Quando dá sol é um poeirão que invade as casas?, reclama.

Dona Inês Maria Schmitt, 62 anos, passava pela rua de bicicleta e parou pra bater um lero com o DIARINHO. Disse que tá um tormento viver por ali. ?Tirando a poeira, que já é um inferno, isso aqui tá um perigo. Olha quantos caminhões têm estacionados aqui. Não deixo mais os meus filhos saírem de casa com medo que sejam atropelados?, disse.

O comerciante Mário Duarte Pereira, 52 anos, foi visitar a mãe, que mora na Fazendinha, e se assustou com a situação que encontrou por lá. ?Não sabia que tava desse jeito. Não deveriam deixar usar um terreno em área residencial como bota-fora. É muito transtorno pros moradores próximos. Tem muitas crianças e idosos?, descasca.

Empresa foi notificada

Murilo José da Conceição, assessor de imprensa do Semasa, disse que depois do reclamo dos moradores, repassado pelo DIARINHO, o pessoal foi dar uma bizolhada na situação e acabou notificando a empresa que tá tocando a obra, a empreiteira EIT. ?Eles terão que seguir algumas normas, como lavar as rodas dos caminhões quando sairem do terreno onde estão jogando a sujeira?, afirmou.

Murilo disse ainda que o Semasa irá acompanhar o caso pra evitar que haja mais incomodação aos moradores da Fazendinha e completou dizendo que a rua empoeirada será lavada pelos peões da empreiteira.

A obra de implantação da nova rede de tratamento de esgoto na rodovia Osvaldo Reis rola até a segunda quinzena do mês de dezembro.

  •  

Deixe uma Resposta