• Postado por Tiago

s-acesso-ressacada-foto-rubens-flores-arquivo-22jun09Ir ou vir do sul da ilha de Floripa em horário de pico é um exercício de paciência. Em dia de jogo do Avaí então, é sacrificante. O cabra mofa no congestionamento. E vai continuar mofando. Pelo menos até o final deste ano, quando devem começar as obras na rodovia Diomício Freitas, que promete aliviar o tráfego de veículos tanto pro estádio da Ressacada quanto pro aeroporto Hercílio Luz.

Se o prefeito Dário Berger (PMDB) garantiu no dia da posse pra seu segundo mandato que esta era uma obra prioritária, a promessa caiu por terra. Mesmo ele tendo mostrado o rascunho do projeto, não será pela prefa que o pesadelo terá fim.

Numa reunião na semana passada com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, o vice-prefeito e secretário de Transportes, João Batista Nunes (PR) e o presidente do Avaí, João Nilson Zunino, ficou decidido que quem vai providenciar pra que a obra saia do papel é o clube do sul da ilha. O ministro garante que a verba já tá reservada: R$ 19 milhões.

  •  

Deixe uma Resposta