• Postado por Tiago

Os motoras da região que costumam pegar a BR-101 têm que ficar espertos. Até sábado vão rolar obras de recapeamento da pista. Os operários da concessionária Autopista Litoral Sul vão meter a mão na massa nas cidades de Balneário Camboriú e Barra Velha. Enquanto os trampos rolarem, parte da via será interditada e podem rolar filas de carangas.

Os funcionários da concessionária vão suar a camisa pra deixar o asfalto lisinho entre os quilômetros 85 e 89, na terra do pirão, no sentido norte. Por lá, as obras de recuperação do pavimento começam às 8h e só terminam no finzinho do dia. A quebraceira acontece também no sentido norte, no trecho que começa do quilômetro 130 e termina no quilômetro 136 da Maravilha do Atlântico Sul. Quem cruzar a rodovia nessa região vai precisar ter paciência.

Enquanto as obras rolam, só parte da via será liberada. Por isso, o fluxo de veículos ficará devagar quase parando e em alguns momentos podem se formar filas, principalmente nos horários de entrada e saída do trampo e escolas. Os reparos só serão suspensos se São Pedro abrir as torneiras e mandar uma chuvarada pra cima da cabeça dos operários.

Filas

No domingo, o pessoal que passou pela 101 encarou um verdadeiro teste de paciência. Pelas 17h30, uma fila monstro se formou no sentido norte no pedágio de Araquari. O povão que curtia o fim de semana por aqui resolveu simandar todo junto, quando a chuva começou e ajudou a atravancar o trânsito nos guichês do pedágio. Os agentes da polícia Rodoviária Federal (PRF) prometem denunciar a treta pra agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), responsável pela fiscalização da praça.

Pra piorar, agentes da Autopista tiveram que fazer uma obra de emergência e tapar alguns buracos gigantescos que se abriram no meio do asfalto. Até umas 19h, enquanto os peões metiam a mão na massa, só metade da pista ficou liberada e com isso o fluxo de veículos ficou lento.

A assessoria de imprensa da concessionária da BR-101 diz que a tendência é das filas aumentarem nos próximos meses, já que a temporada de verão tá chegando e deve trazer muitos turistas pra região. Pra amenizar o problema, o pessoal da Autopista quer encerrar os recapeamentos até dezembro.

  •  

Deixe uma Resposta