• Postado por Tiago

CAPA-GERAL-BASE---g---sc-401-floripa---foto-rubens-flores-16jun09-(1)

Nada é visto no local além do barranco

A obra de recuperação do barranco que desmorou sobre o quilômetro 13 da SC-401, a principal via de acesso à região norte da ilha dos manezinhos, tá mais enrolada que língua de epilético. O departamento de infraestrutura (Deinfra) jura que a obra vai de vento em popa, mas o que se vê no local é que os pedregulhos continuam dependurados no barranco e a mureta que divide as duas pistas ainda nem começou a ser recolocada.

O problema na rodovia rolou no final de novembro do ano passado. A chuvarada que deixou parte do estado debaixo d?água, provocou o deslizamento de terra no local, soterrando o motorista dum caminhão que, por um azar danado, passava ali bem na hora.

Uma limpeza na mata que poderia atrapalhar a execução da obra já foi feita na semana passada. Na região também foi reiniciado o replantio de árvores nativas pra ajudar a segurar possíveis deslizamentos, principalmente durante os trabalhos de recuperação. O custo total da obra será de R$ 10 milhões. Outros R$ 4 milhões já foram gastos pra remover a terra do deslizamento e recuperação do asfalto no local há sete meses.

  •  

Deixe uma Resposta