• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA-SETE---ABRE---monitoramento-fotos-inauguração-cameras-002-(2)

Guardinhas da Codetran tão ajudando a bizolhar câmaras de segurança

A novela da transferência da central de Operações da Polícia Militar (Copom) de Itajaí para Balneário Camboriú ganhou novo capítulo esta semana. O comando geral da PM enviou à câmara de vereadores peixeira um documento onde tenta justificar o motivo da mudança. O ofício encagaçou os representantes do povo, que tavam contando com um apoio do governador do estado pra manter a estrutura em Itajaí. Como resposta, os vereadores prometem uma mobilização pra manter o Copom na cidade.

No documento que tá dando o que falar, o chefão da PM garante que a mudança faz parte de uma política de segurança pública, que visa regionalizar as centrais da polícia militar e colocar em uma única estrutura outros serviços de emergência, como bombeiros e guardas municipais. O comandante geral da polícia Militar, coronel Eliésio Rodrigues, explica que foi feito um investimento de R$550 mil na central de Balneário Camboriú, na compra de equipamentos modernos e na estrutura do prédio. O projeto prevê que 13 cidades sejam atendidas pelo Copom novo.

O comandante da polícia Militar em Itajaí, coronel Carlos Alberto Mafra, garante que a decisão ainda não foi tomada, e que o ofício é só a explicação da PM para o comando geral querer a transferência para Balneário. ?Conversei com o comandante geral, e ele garantiu que ainda não está decidido. Mas vai ser preciso uma reforma urgente no Copom de Itajaí para ele ficar na cidade?, completa.

No entender de Pissetti, o documento mostra que o comandante da polícia Militar da Santa & Bela, coronel Eliésio Rodrigues, já tomou uma decisão. O vereador garante que não vai ficar por isso e quer uma mobilização da cidade pra não perder o Copom pra Maravilha do Atlântico. O presidente da câmara entende que Itajaí tem condições de manter o Copom. ?Aqui nós temos um fundo que vai ajudar a polícia Militar, lá todos os custos vão para o governo do estado?, lasca.

Um dos primeiros vereadores a entrar na luta pela manutenção do Compom peixeiro, Laudelino Lamim (PMDB), entende que o documento é só um parecer da PM, mas não quer dizer que a briga já está definida. ?Eles querem justificar o injustificável. Investiram todos os recursos em Balneário e agora querem mudar pra lá?, garante o vereador. Lamim entregou um ofício para o governador da Santa & Bela pedindo investimentos na estrutura peixeira, e depois de um plá com Luiz Henrique da Silveira, garantiu garantiu que ele tinha abraçado a causa.

Codetran dá uma forcinha

A Coordenadoria de Trânsito e Transporte de Itajaí (Codetran) resolveu dar uma forcinha pro pessoal da polícia Militar no monitoramento das 56 câmeras de segurança da city. Desde o começo do mês, oito guardinhas tão se revezando trampando no sistema de big brother peixeiro.

Os guardinhas da Codetran passaram por um treinamento técnico para aprender a mexer no sisteminha cagueta e facilitar a vida dos meganhas. Com essas adaptações a população peixeira ganhou mais oito policiais nas ruas.

O responsável pela comunicação social do 1° Batalhão de Itajaí, tenente Luiz Carlos Cruz dos Santos, explica que os guardinhas tão em fase de adaptação, mas que a sociedade saiu ganhando.

  •  

Deixe uma Resposta