• Postado por Tiago

A Brasil Telecom, que foi comprada pela Oi, tá cobrando R$ 15,81 por um pacote de ‘serviços inteligentes’, no seu plano de telefone fixo, sem autorização dos clientes. A leitora F.I.M., 30 anos, de Itajaí, é uma das vítimas do suposto golpe. “Quando eu liguei pra saber do que se tratava, me falaram que era o identificador de chamadas, só que eu nem possuo identificador de chamadas no telefone da minha casa”, bufa.

A moradora do bairro Cordeiros conta que no mês passado observou na sua conta de telefone a tal cobrança e logo tratou de ligar pra empresa pra saber o por que dos 15 reales a mais na fatura. “Eu pedi pra retirar o valor, já que nunca solicitei o serviço. A atendente me disse que no próximo mês a cobrança não viria mais”. A promessa não foi cumprida. Na fatura de novembro, lá estava o pacote de ‘serviços inteligentes’, só que num preço mais baixo: R$ 10, 54.

A continuação da cobrança deixou F. revoltada. Ela ligou novamente pra Brasil Telecom pra lascar o pau. “Pedi que me mostrassem a gravação da ligação em que solicitei o serviço. A atendente me enrolou e acabou não me passando”, relata.

F. recebeu a resposta de que a cobrança não vai mais acontecer, mas como a solicitação do cancelamento, argumenta a Brasil Telecom, só rolou agora, a cliente terá que pagar pelos 20 dias que teria usado o pacote inteligente. “É um absurdo. Se eles fazem isso em uma região com 30 mil clientes, por mês embolsam mais de R$ 450 mil”, calcula a leitora.

Mais um caso

A dona de casa L.M.A., 46 anos, quase caiu pra trás quando viu a cobrança de R$ 15,81. “Eu também não tenho identificador de chamadas em casa. Agora vai saber a quanto tempo estou pagando esse valor, né!?”, diz, indignada.

L. disse que ontem mesmo iria ligar para a Brasil Telecom e pedir o cancelamento do serviço, que afirma não ter pedido e nunca ter usado. “Imagina se eu estou pagando isso há meio ano, já dá quase R$ 100 de prejuízo”, lamenta.

A assessoria de comunicação da Brasil Telecom/Oi, campeã de reclamações na Procon e desrespeito aos clientes, diz que somente hoje vai se manifestar oficialmente.

Cobrança é irregular

Rafael Seára, chefão da Procon de Itajaí, diz que a cobrança indevida é considerada prática abusiva e a empresa é obrigada a devolver toda a grana papada irregularmente. Pra que isso aconteça, o primeiro passo é telefonar para a operadora e fazer o reclamo formalmente. “Em todos os contatos, deve se anotar o número do protocolo, sempre”, orienta o bagrão.

Se a Brasil Telecom não resolver o perrengue, a Procon deve ser procurada imediatamente. Rafael diz que a Brasil Telecom tem a obrigação de ceder a gravação do telefone, em que prova ou não que o cliente pediu pelo serviço. “É um direito do consumidor, não tem o que discutir”, afirma.

A Procon peixeira fica na avenida Joca Brandão, no prédio do antigo fórum. O telefone pra contato é o 151.

  •  

Deixe uma Resposta