• Postado por Tiago

Maqiuinas tavam funcionando a todo vapor em Porto Belo e Balneário

Duas jogatinas clandestinas foram pros ares em Balneário Camboriú e Porto Belo. Quinze máquinas caça-níqueis foram guentadas na rua 1800, no centro da Maravilha do Atlântico Sul. O atraque rolou pelas 22h30 de segunda-feira e deu um chega pra lá em 10 viciadinhos que tavam torrando o dindim no moquifo. Em Porto Belo, foram apreendidas três máquinas.

Os meganhas se disfarçaram de jogadores e foram conferir a denúncia de que a casa escondia a jogatina. Quando chegaram ao local, deram de cara com as 15 caçatrouxas funcionando a todo vapor.

Dez tansos foram flagrados gastando a bufunfa nas maquininhas. Os policiais deram o atraque e acabaram com a bandalheira.

Foram recolhidas as 15 geringonças e blocos de anotações da jogatina. Os milicos apreenderam ainda R$ 670 do caixa. A galera que tava por lá teve que assinar um papéli pra explicar à justa o que tava fazendo. As geringonças foram levadas pro pátio dos milicos.

Três máquinas em Porto Belo

Os chegados num joguinho ilegal tiveram mais uma baixa em Porto Belo. Três máquinas caçatansos foram recolhidas de dentro do bar do Carlão, na rua Manoel Felipe da Silva. Os meganhas em ronda viram as traquitanas funcionando e resolveram acabar com a farra. As máquinas foram levadas pro pátio da PM. O dono do boteco, Carlos Alberto Penso, vai responder pela bronca em liberdade.

Em Balneário Camboriú, o pátio do batalhão da polícia militar tá atolado de máquinas papatrouxas. As geringonças tão tomando o espaço das baratinhas.

  •  

Deixe uma Resposta