• Postado por Tiago

INTERNA_13_abre-direita_---reclama-do-padre-que-não-reza-pelos-mortos_foto-dona-mariquinha

Fiel tá revoltado com mandachuva da igreja de Navega

Seu Ademir Pereira dos Santos, 61 anos, tá chateado com os religiosos da igreja Nossa Senhora dos Navegantes, da city dengo-dengo. Ele falou que desde que mudou o padre, há um ano, não se pode mais pedir pra rezar a missa pros parentes e amigos que já morreram, um costume comum entre os católicos. O coitado tem que ir pra Itajaí pro padre peixeiro encomendar a alma da pessoa que foi dessa pruma melhor.

Desde que o padre Paulo pintou na área, reclama seu Ademir, os pedidos pra rezar a missa têm que ser feitos e depositados na caixinha que fica no altar, mas acabam nunca sendo atendidos. ?Antes a gente pagava R$ 2 e até R$ 5 pros parentes serem lembrados, agora ele não cita mais o nome de ninguém?, lamenta o católico.

O pai de Ademir faleceu há 11 anos. Desde então, todo santo mês o carola fazia a encomenda da alma do parente. Agora, tá tendo que atravessar a vala e pedir pra lembrarem de seu pai na igreja do Salesiano, em Itajaí. ?A época da ditadura já acabou?, alfinetou.

Nem com reza braba

Na casa paroquial em Navega, nem com reza brava o DIARINHO conseguiu ouvir alguém sobre o reclamo do leitor. O telefonista, que não se identificou, nem quis passar o telefonema para o padre Paulo. Ele perguntou qual era o interesse com o assunto. O rapaz ainda lascou que se realmente fosse um fiel católico que tivesse feito a denúncia, teria ido primeiro na igreja. Por fim, sugeriu que seu Ademir fosse pessoalmente na igreja reclamar pro padre.

  •  

Deixe uma Resposta