• Postado por Tiago

A Marinha também abriu um inquérito administrativo pra apurar as causas do acidente. O comandante da delegacia da Capitania dos Portos peixeira, capitão Alexandre Herculano Alves, contou que vai ser verificado se o motora da lancha fez alguma manobra que não deveria. “As pessoas pedem, e eles acabam acelerando no final do passeio e dando uma rabeada pra jogar todo mundo na água. Nós recomendamos que essa manobra não seja feita justamente por causa dos riscos de acidentes”, contou.

Ontem o dono do discão apresentou os documentos da embarcação e do piloto da lancha pro comandante. “Tá tudo correto. A documentação tá em dia e o condutor é habilitado”, contou Alexandre.

A investigação tem 90 dias pra ser concluída. Depois disso, os dados são encaminhados pro Tribunal Marítimo, que analisa se leva adiante ou arquiva o processo. “Se ficar comprovado que houve imperícia ou imprudência, pode ter multa e recolhimento da habilitação”, disse o capitão.

Pra quem curte brinquedões como o Disco Boat, o comandante alerta que é preciso ficar esperto com a segurança. “É bom ver se o equipamento é seguro. E no caso dos barcos de passeio, prestar atenção à capacidade máxima da embarcação, pra saber se não tem excesso de lotação, a presença de coletes salva-vidas e se tão em lugar de fácil acesso”, disse.

  •  

Deixe uma Resposta